A partir de julho, o “Conexão GloboNews” terá Christiane Pelajo como nova apresentadora em São Paulo, no lugar de José Roberto Burnier, que assumiu o “SPTV 2ª edição”. Pelajo é uma das fundadoras da GloboNews, integra o grupo de profissionais que inaugurou o canal em 1996. Durante dez anos, esteve à frente da bancada do “Jornal da Globo”. Com mais de 25 anos de experiência na ancoragem de telejornais, a jornalista se define como uma apaixonada pela adrenalina que as transmissões ao vivo trazem. De São Paulo, Christiane Pelajo vai dividir o comando do telejornal com Leilane Neubarth, no Rio de Janeiro, e Camila Bomfim, em Brasília.

Também em julho, a GloboNews vai estrear o novo jornal que irá ao ar das 16h às 18h, em São Paulo, com apresentação de Julia Duailibi e Tiago Eltz. Atualmente apresentadora do “Em Ponto”, Julia Duailibi está na GloboNews desde 2018, fazendo comentários sobre política e economia e integrando o time do “Papo de Política” ao lado de Natuza Nery, Andreia Sadi e Maria Julia Coutinho.

Tiago Eltz volta ao Brasil depois de cinco anos atuando como correspondente da TV Globo em Nova York. Em 2020, esteve à frente de uma das coberturas mais importantes da história recente: a apuração dos votos na Eleição Americana que elegeu Joe Biden presidente dos Estados Unidos. Eltz está na Globo desde 2010. Participou, no Rio de Janeiro, da cobertura da retomada do Complexo do Alemão, que rendeu à TV Globo o Emmy Internacional de Jornalismo. Teve papel relevante também na cobertura da tragédia com o avião da Chapecoense. Enviado à Bolívia, revelou o plano de voo mostrando que o piloto da Lamia decolou para Medelín sem combustível suficiente para enfrentar imprevistos, e foi o primeiro jornalista a entrevistar um tripulante sobrevivente da tragédia.

Cecília Flesch, que dividiu com Tiago Eltz a ancoragem do especial “Central GloboNews – Guerra na Ucrânia”, vai assumir o “Em Ponto” a partir do mês que vem. Cecília está na GloboNews há 17 anos. Trabalhou como produtora, editora, repórter e se orgulha muito de ter apresentado todos os telejornais do canal.

A vaga de Tiago Eltz nos Estados Unidos será ocupada por Candice Carvalho, que agora deixa a produção para se dedicar exclusivamente às próprias reportagens. Candice teve grande destaque na cobertura dos protestos que tomaram o país depois do assassinato de George Floyd e também na cobertura da Eleição Americana de 2020, acompanhando a campanha de Joe Biden até o resultado final.

Na vaga de Candice Carvalho, ficará Felippe Coaglio, que entrou na Globo em 2010 como estagiário em SP e, em 2014, foi ser produtor no escritório em Nova York. Ele agora se torna correspondente em Nova York. Nesses oito anos, Coaglio participou de coberturas históricas – como a de outubro de 2020, quando o ex-presidente americano Donald Trump precisou ser internado às pressas por causa da Covid-19. Coaglio viajou para Washington e relatou tudo, ao vivo e em reportagens especiais, da porta do hospital.

Nas noites do “Especial de Domingo”, o comando será de Leila Sterenberg, que está na GloboNews desde 1998, apresentando jornais do canal e fazendo programas pelo mundo. Poliglota e especialista em temas internacionais, Leila há décadas participa de coberturas históricas, apresentando e fazendo traduções simultâneas – como, este ano, durante a cobertura da Guerra na Ucrânia.

Fonte: Tela Viva