A emissão da Carteira Nacional de Habilitação está mais simples no Rio de Janeiro. Além das unidades do Detran, a partir de agora, a população pode requisitar o documento em 16 cartórios localizados em diversos pontos do estado, na capital e nos municípios de Petrópolis, Nova Friburgo, Niterói, Maricá, Nova Iguaçu e Duque de Caxias.

A ampliação do atendimento, que também vai reduzir a demanda reprimida em razão da pandemia, foi possível graças a uma parceria entre o Departamento de Trânsito e a Associação de Registradores de Pessoas Naturais do Estado.

Estão disponíveis os serviços de primeira e segunda via da CNH, renovação, alteração de dados e de categoria da carteira.

Em cerca de 20 dias, a novidade será ampliada e 33 cartórios fluminenses estarão capacitados para a emissão da Carteira Nacional de Habilitação.

A expectativa é de que até junho estejam sendo emitidas, pelos novos parceiros do Detran, cerca de 30 mil CNHs por mês, sem a necessidade de o motorista realizar agendamento. Bastará ele ir ao posto com Carteira de Identidade original, CPF e comprovantes de residência e pagamento do Documento Único de Arrecadação (Duda).

Pelo serviço, os cartórios cobrarão uma taxa de conveniência de R$ 44,30. Além da CNH, os cartórios também estão habilitados para a emitir a segunda via da carteira de identidade.

 

Fonte: Agência Brasil